James Rodríguez quer deixar o Real Madrid no verão. Pelo menos é o que se fala nos corredores do Santiago Bernabéu. Agora o Arsenal se juntou ao Everton e ao Wolverhampton na luta para contratar o meio-campista e está pronto para gastar o que for necessário pelo colombiano, segundo o tabloide inglês, The Sun.

Os Gunners vêem James Rodríguez como uma ótima opção para reforçar seu ataque neste verão, conforme diz a fonte. A equipe de gestão e treinamento do Arsenal acredita que o meia-atacante deve recuperar o seu bom futebol em um novo ambiente.

A Premier League está discutindo a possibilidade de estender a janela de transferências de 1 de junho de 2020 para 31 de janeiro de 2021 para ajudar os clubes de futebol a lutar contra a recessão causada pela crise do coronavírus.

Quanto a James, o colombiano tem todos os motivos para se interessar pela saída de Santiago Bernabéu, já que as suas aparições em campo nesta temporada são raras. Algumas lesões o tiraram de grande parte da temporada, mas Zinedine Zidane não parece ter James em seus planos para o futuro. O meia teve um bom começo de temporada, mas não foi o suficiente para convencer Zizou. Em várias ocasiões James não foi selecionado sequer para o banco de reservas, ficando claro que o técnico francês não conta com seus serviços.

Foi o atual técnico do Everton, Carlo Ancelotti, quem pediu a contratação do colombiano no Real Madrid e no Bayern de Munique. Talvez por isso, o mais provável destino de James Rodriguez, seja o Goodison Park com a camisa do Everton.

A saída de James do AS Monaco custou 75 milhões de euros ao Madrid em 2014. Ele marcou 37 veze e deu 42 assistências para gols em 124 partidas clube branco. O contrato do jogador de 28 anos no Bernabéu expira em 2021.