Carlo Ancelotti
coach Carlo Ancelotti of FC Bayern Munchen during the match of Champions League between Real Madrid and FC Bayern Munchen at Santiago Bernabeu Stadium in Madrid, Spain. April 18, 2017. PUBLICATIONxINxGERxSUIxAUTxPOLxDENxNORxSWExONLY (20170418013) Coach Carlo Ancelotti of FC Bavaria Munich during The Match of Champions League between Real Madrid and FC Bavaria Munich AT Santiago Bernabeu Stage in Madrid Spain April 18 2017 PUBLICATIONxINxGERxSUIxAUTxPOLxDENxNORxSWExONLY

Segundo a BBC, o escritório do promotor comunitário de Madri entrou com uma ação contra o ex-treinador do Real Madrid, Carlo Ancelotti. O italiano está sendo acusado de ocultar uma parte substancial de sua receita durante seu tempo como técnico do Madrid.

Duas supostas incidências de fraude fiscal cometidas por Ancelotti em 2014 e 2015 totalizam 1,062 milhão de euros.

Os promotores sugerem que o estrategista italiano estava “pretendendo evitar seus impostos com relação ao tesouro público sem justificativa”.

Dizem que Ancelotti relatou seus ganhos salariais às autoridades, mas não “os ganhos com direitos de imagem, bem como aqueles decorrentes de seu relacionamento com o clube e contratos relacionados de outras marcas”.

O treinador ainda não respondeu a essas acusações.

O tempo que Ancelotti passou no Santiago Bernabeu é certamente um de seus episódios mais memoráveis ​​na carreira de treinador. O italiano venceu a Liga dos Campeões e a Copa da Espanha em sua temporada de estreia com o Madri.

Dos 119 jogos no total, Ancelotti venceu 89 e acabou sendo um dos treinadores de maior sucesso do Real Madrid pela porcentagem de vitórias.

Infelizmente, muitos Madridistas anteriores e atuais foram acusados ​​de fraude ou evasão fiscal antes. Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos, Luka Modric, Marcelo, Gareth Bale e Xabi Alonso estão entre os jogadores do Madrid que tiveram problemas com as autoridades fiscais espanholas.

O mesmo vale para José Mourinho, também ex-treinador do Madrid, que foi condenado à prisão na véspera, mas foi embora porque o crime não foi grave o suficiente.